O papel da tecnologia para a inovação dos consultórios médicos

A tecnologia tem atingido todos os setores, proporcionando melhorias na rotina dos profissionais. E nos consultórios médicos não é diferente. Hoje em dia os recursos tecnológicos não se limitam mais a aprimorar os diagnósticos e tratamentos, mas têm interferido de forma positiva na gestão de clínicas e até no relacionamento entre médicos e pacientes.

Veja a seguir qual é o papel que a tecnologia tem assumido nos consultórios médicos.

Unificação de informações

Entre todos os benefícios que a tecnologia tem trazido aos consultórios médicos, a possibilidade de unificar informações é um dos mais vantajosos para médicos e pacientes. O exemplo mais claro disso são os softwares de gestão para clínicas e consultórios que oferecem o recurso de prontuário eletrônico.

Esse tipo de prontuário primeiramente consegue unir todas as informações do paciente, seu histórico de doenças, cirurgias e tratamentos que já foram realizados. E sempre que houver uma nova atualização, ela pode ser feita de imediato, pois em poucos cliques o material é acessado, sem a necessidade de buscar em enormes arquivos físicos.

Para o médico essa ferramenta facilita o atendimento. Quando o paciente chega para consultar ele já consegue puxar o histórico para observar se os sintomas que estão sendo relatados têm relação com algum quadro já registrado. Com todos os dados em mãos, o profissional pode ser mais preciso na solicitação de exames de acordo com as particularidades de cada paciente.

E para o paciente, isso também é muito vantajoso. Ao chegar no consultório médico, ele quer ser diagnosticado com a maior agilidade possível, ou então ser encaminhado aos exames corretos para realizar o procedimento desejado.

Graças a recursos como o prontuário eletrônico todo esse processo se torna mais rápido e evita a espera que em alguns casos pode ser angustiante.

Isso tudo sem contar com a acessibilidade do prontuário eletrônico. Supondo a seguinte situação: o paciente faz um exame e os profissionais do laboratório percebem que o resultado revelou uma situação potencialmente grave. Eles podem encontrar em contato com o médico, que vai acessar o prontuário em seu próprio smartphone e já saberá que medidas tomar.

Relação interpessoal entre médico e paciente

A forma como o médico se relaciona com o paciente faz toda a diferença na experiência que ele terá. Visto que normalmente a pessoa já está tensa diante da possibilidade de ter uma doença ou ansiosa para realizar um procedimento, o médico deve se posicionar a fim de tranquilizá-la.

E isso é muito mais fácil quando o profissional tem em mãos as informações sobre esse paciente. Ao recebê-lo no consultório, além de chamá-lo pelo nome, pode fazer algum comentário sobre o seu histórico e fazer com que ele se sinta mais acolhido, percebendo que seu médico o conhece e se importa.

Isso sem contar com as ferramentas tecnológicas de agendamento de consultas e exames em uma única tela integrada, que evitam situações desagradáveis, como por exemplo, marcar dois pacientes no mesmo horário. Algo que pode acontecer facilmente com as agendas de papel. Essa também é uma forma de melhorar a paciência do paciente e fazê-lo se sentir respeitado.

Para saber mais sobre o que a tecnologia pode fazer pelo seu consultório, envie-nos um formulário de contato. Teremos prazer em lhe atender!