Afinal, o que é o CRM Médico?

Por obedecer a legislações específicas, algumas profissões requerem que os seus formados portem um registro profissional antes de começar a exercer. Trata-se de uma exigência do Ministério do Trabalho, por entender que limites à atuação desses profissionais precisam ser especificados, como códigos de ética, regras de conduta e respeito às regras. Os médicos se encaixam dentro destes princípios, uma vez que a natureza das suas funções e o tratamento da vida de uma pessoa, são de extrema responsabilidade.

No Brasil existe Conselhos Regionais de Medicina em cada estado, porém todos regidos por um só órgão chamado Conselho Federal de Medicina. Este registro mais do que ser um diferencial no currículo médico, uma vez que é preciso ser um profissional regulamentado para exercer, sem ele o diploma pode ser caçado, por não ter reconhecimento em seu órgão de classe.

A importância do registro

Para salvaguardar todos os procedimentos e tratamentos ministrados aos pacientes, o médico precisa, através de regra do próprio Conselho, apresentar o seu número de inscrição no CRM de forma visível. Por isso que é comum entrar em consultórios médicos e junto a plaquinha com o nome encontrar o seu registro ou mesmo nos carimbos que acompanham os encaminhamentos e receitas farmacêuticas.

Quanto aos pacientes, muitos, antes do momento da consulta, realizam averiguação sobre a situação do médico, através de uma simples pesquisa no site do Conselho. Esta é uma maneira de fiscalizar e ter sempre segurança no profissional em quem se confia seu problema de saúde e sua vida, num geral, uma vez que se subentende que estes médicos atuam segundo as normais e padrão de ética.

Como realizar a inscrição

A inscrição primeiramente é feita através do site oficial e a entrega dos documentos é realizada presencialmente na sede do Conselho Regional de Medicina do estado em que deseja exercer a profissão. Entre os documentos necessários estão o diploma original, ficha cadastral preenchida no site do CRM do seu estado, uma declaração feita à mão que expresse o seu tipo sanguíneo; certidão de comprovação de quitação com a Justiça Eleitoral, comprovante da realização do exame do CRM, dentre outros.

Ter o registro no CRM do seu estado gera custo, uma anuidade que gravita em torno de R$ 500. O boleto de pagamento deve ser apresentado na sede do Conselho para a expedição da carteira de identidade médica e da carteira profissional. Este valor não é somente necessário para a manutenção de seu registro, mas também para a manutenção do Conselho, pois ele também é responsável em promover seminários, cursos e palestras sobre as mais diversas especializações e práticas da medicina.

Estrangeiros e brasileiros que fizeram a sua graduação em medicina em outros países podem exercer a profissão no Brasil, contudo antes realizam prova de revalidação do diploma, sem este processo são impedidos de clinicar. Após o diploma de revalidação, eles podem se inscrever normalmente, mas com atenção aos documentos necessários, para a obtenção do registro no Conselho.

A XAPP MD oferece o mais completo e funcional software de gestão para clínicas e consultórios médicos. Multiplataforma, os serviços apresentam integração com o Google Cloud, Microsoft e Amazon Web Services. Preencha o formulário de contato e teste grátis por 15 dias.