Software médico: da importância a aplicação no cotidiano do seu consultório

Todo dia passamos horas com a tecnologia ao nosso lado. Ela nos ajuda a realizar tarefas, a passar o tempo, a obter informações, a nos comunicarmos, e muitas outras utilidades. Mesmo algumas ações simples, que antes papéis e outros recursos manuais executavam, hoje ficaram mais eficientes graças às ferramentas tecnológicas. O mesmo vale para quando falamos de software médico.

Uma das inovações da área médica que é cada vez mais popular nos consultórios e clínicas são os softwares criados especificamente para esse fim. Essa ferramenta de gestão, dedicada para o uso de médicos, enfermeiros, secretários, etc, é uma forma inteligente de melhorar o seu serviço como profissional da saúde. Da importância à aplicação, entenda por que ter um software médico é primordial.

As vantagens de um software médico

  • Mobilidade. A rotina médica é sempre agitada. Vários consultórios, hospitais e pacientes fazem com que o profissional esteja sempre em movimento. Nessa correria, é possível esquecer uma ficha na clínica errada ou não poder checar informações de um paciente enquanto ainda está no transporte público. Usando os meios tradicionais, essa seria a realidade, mas os softwares são hospedados na nuvem, o que permite acessá-los de qualquer aparelho e local.
  • Organização. Com prontuários em uma pasta, recibos em outro, e a agenda amarrotada na mesa, não é improvável que se perca de vez em quando até encontrar o que deseja. Nos softwares isso não acontece. Por ser um serviço especializado, o aplicativo reúne todas as características necessárias para um profissional da saúde e essa concentração de informações agiliza a busca por informações e torna seu trabalho mais eficiente.
  • Segurança. Perder a ficha de um paciente em uma enchente, incêndio ou outra casualidade são infelicidades, mas que podem ser impedidas ao adotar os sistemas eletrônicos que armazenam esses dados na nuvem e realizam backups automáticos e constantes. Também é útil para reduzir a chance de erros humanos na organização de dados e valores e, assim, evitar falta de pagamentos e erros em diagnósticos.

Os usos no cotidiano

  • Controle da agenda. A agenda médica é constantemente apertada e qualquer falta de organização pode gerar conflitos em agendamentos, e prejudicar os pacientes. Para essa finalidade, o software médico permite guardar os agendamentos, que podem ser checados em qualquer lugar. E ainda automatiza envio de mensagens para confirmar a ida do paciente à consulta, excelente para evitar faltas e tempo ocioso.
  • Prontuário eletrônico. Anotar todo o prontuário do cliente eletronicamente é muito vantajoso. A ficha fica salva para acesso em qualquer lugar, além das informações poderem ser melhores organizadas, particularmente úteis para pacientes de longa data e com grande histórico. Com isso, mesmo a receita pode ser gerada eletronicamente e depois impressa, anulando os problemas de incompreensão da clássica “letra de médico”.
  • Cálculo financeiro. Uma clínica tem seus gastos, seja para pagar aluguel da sala, seja para comprar equipamentos novos. Além disso, os pagamentos de serviços com valores distintos e administração de vários tipos de planos de saúde podem ser um desafio de gerenciar sem perder as contas. No software médico, todos esses números são organizados de acordo com sua categoria, ótima opção para ter controle do seu fluxo de caixa e garantir o seu lucro.

Se interessou em usar o software médico? Mande mensagem através do formulário de contato para conhecer o serviço da XAPP Sistemas e solicitar seu teste gratuito. Acesse: www.xapp.med.br.